terça-feira, 12 de julho de 2016

[Resenha] Como eu era antes de você - Jojo Moyes


Heeei peoples.
Volteeeei. Como vocês estão?
Fiquei muiiiiito tempo sem postar nada, mais foi porque aconteceram varias coisas durante esse tempo, e minha internet não ajuda também.
Mais agora eu voltei e pra ficar. ♥♥

— Ei, Clark. Conte alguma coisa boa.

Sinopse: Lou Clark sabe uma porção de coisas.
Ela sabe quantos passos separam sua casa do ponto de ônibus. Sabe que adora trabalhar como atendente em um café e sabe que provavelmente não ama seu namorado Patrick.
O que Lou não sabe é que está prestes a perder o emprego, e que isso a obrigará a repensar toda sua vida.
Will Traynor, por sua vez, sabe que o acidente com a motocicleta tirou dele a vontade de viver.
Ele sabe que o mundo agora parece pequeno e sem graça, e sabe exatamente como vai dar um fim a tudo isso.
O que Will não sabe é que a chegada de Lou vai trazer de volta a cor á sua vida. E nenhum deles desconfiam de que esse encontro irá mudar para sempre a história dos dois.

“Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível”
Apenas uma pergunta, o que eu tava fazendo que não li esse livro antes? Ele é simplesmente  M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O.
Nunca chorei tanto em um livro como chorei nesse, eu chorava de soluçar e simplesmente não parava, ele toca a alma, é lindo.
Confesso que sempre que via ele nas prateleiras, achava a historia bonitinha, mais não me interessava tanto, achava que era mais um daqueles livros clichês de romance e final feliz, mais não, se tem uma coisa que esse livro não é, romance clichê, serio. Jojo e sua escrita maravilhosa, consegue nós levar pra dentro da historia e sentir tudinho, cada choro, raiva, tristeza e alegria dos personagens, como eu era antes de você, nós ensina sobre amizade, compreensão, amor e acima de tudo até onde podemos ir por nossos sentimos, sim, como eu disse, um livro maravilhoso e varias frases que nossa, o coração chega a pular.
''Sei que essa não é uma história de amor como outra qualquer. Sei que há motivos para eu nem dizer isso. Mas eu amo você. De verdade.''
Louse Clark, aos 26 anos ainda mora com seus pais, trabalha de garçonete em um café da sua pequena cidade na Inglaterra, e namora a sete anos com Patrick, um relacionamento ''frio'' onde ela não sente mais a famosa ''borboleta no estômago'', Clark é totalmente acomodada a sua vidinha, não tem ambições e nem sonhos, nunca saiu da cidadezinha onde mora e nunca pensou a respeito, pra ela, trabalhar no café, onde ela tecnicamente gostava muito estava bom.
Sua vida porém, muda de cabeça pra baixo quando o café é fechado é ela é demitida, sem saber fazer qualquer outra coisa, se vê obrigada a ir trabalhar como cuidadora de um tetraplégico.
Will Traynor era um cara totalmente elétrico, que amava aventuras e viver da melhor e animada forma possível, Wiil de repente vê seu mundo girar após um acidente de moto que o deixou tetraplégico, um homem inteligente, porém completamente amargurado, mal humorado e infeliz, ele não aceita seu acidente e principalmente o que isso lhe causou, o que começa a mudar quando ele conhece Lou, pra ele, ela foi a unica que não o olhou com pena, e sim como um homem.
“E sabe o que? Ninguém quer ouvir esse tipo de coisa. Ninguém quer ouvir você falar que está com medo, ou com dor, ou apavorado com a possibilidade de morrer por causa de alguma infecção aleatória e estúpida. Ninguém quer ouvir sobre como é saber que você nunca mais fará sexo, nunca mais comerá algo que você mesmo preparou, nunca vai segurar seu próprio filho nos braços. Ninguém quer saber que às vezes me sinto claustrofóbico estando nesta cadeira que tenho vontade de gritar feito louco só de pensar em passar mais um dia assim”.
No começo Will era totalmente grosso e antipático, porém com o tempo Clark foi aprendendo a lidar com o Will, eles começam a fazer atividades juntos, ver filmes, ler livros, passeios, Will começa a se abrir para Louise, ela por sua vez começa a aprender tanto com ele. Will não consegue entender como alguém tão inteligente e interessante como Louise pode se contentar com essa vidinha em que ela leva, e sem que Louise perceba, Will a incentiva muito.
Clark e Will ficam mais próximos do que nunca, Louise percebe que ele a conhece melhor do que seu namorado, conhece seus gostos e lembra de coisas que nem ela lembrava que tinha contado, eles passam por vários momentos lindos, criam um laço incrível, e tudo tão singelo tão puro que nem eles percebem.
                 ''Poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas.''
Louise e Will mudam a vida um do outro, tudo muda, tudo fica diferente para eles, mais a pergunta é? Será que isso era suficiente, será que todo esse amor construído por ambas as partes era suficiente para tudo o que aconteceu antes de se conhecerem.
Will não quer Louise presa a alguém como ele, cadeirante, ele tem medo de lá na frente Louise se arrepender, ele quer ver Louise viver da melhor forma possível e acha que isso não seria possível ao seu lado, Will não se sente homem para Louise, não da forma em que se encontra.
Já para Clark nada disso impede, para tudo tem solução, ela quer fazer dar certo, para ela o amor que um sente pelo outro é suficiente.
''É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida.''
E eu chorei ainda mais, chorei feito louca, chorei como nunca havia chorando em qualquer outro livro. Esse livro é lindo!
Jojo consegue nós levar pra cada momento, cada um deles é como se estivéssemos vivendo aquilo, sentindo tudo o que cada um dos personagens está sentindo, cada alegria, tristeza, incerteza e aflição.
Sabe aquele final, ''esperado mais não espera''? hahaha então é isso que Jojo consegue fazer com esse livro, por conta de Will ser cadeirante Jojo só coloca realidade, nada do que não poderia acontecer, ela mostra direitinho a dificuldade que é ser cadeirante e também a de conviver com um, e por isso conseguimos entender direitinho cada atitude de Will ou de Louise.
Jojo também nós dá uma linda lição de como olhamos nosso futuro, e de que forma estamos vivendo nossa vida, nós faz refletir se é isso mesmo que queremos daqui pra frente e o que estamos fazendo pra mudar tudo isso que não está relativamente bom, e não a ''empurrar com a barriga''. Eu amei demais esse livro, amei a historia e amei ainda mais a escrita maravilhosa da Jojo.
''A primavera chegou durante a noite, como se o inverno fosse um hóspede indesejado que de repente resolveu vestir seu casaco e desaparecer sem se despedir."

Quotes:
  • Alguns erros... apenas têm consequências maiores que outros.
  • Não podemos mudar o que as pessoas são --então o que devemos fazer?-- Amá-las.
  • A mãe enxerga todas as pessoas que o filho já foi ao longo da vida, reunidas em uma só.
  • Se ele amar, sentirá que pode seguir em frente. Sem amor, eu já teria afundado várias vezes.
  • Às vezes, Clark, você é a única coisa que me dá vontade de levantar da cama.
  • Existem horas normais e horas inúteis, nas quais o tempo para e escorre e a vida -- a vida real -- parece distante.

PS: O livro teve adaptação incrível para as telinhas.
Vou deixar o Trailer pra vocês.

E só de ver esse Trailer , já choro hahaha

Espero que gostem.
E me digam aqui nos comentários sobre o livro ou o filme
Beijoooos.

Siga também nas outras rede sociais:

domingo, 6 de março de 2016

[Resenha] P.S Eu te amo - Cecelia Ahern


Sinopse: Algumas pessoas esperam a vida inteira para encontrar sua alma gêmea. Mais esse não é o caso de Holly e Gerry. Eles eram amigos de infância, portanto conseguiam saber o que o outro estava pensando e, até quando brigavam, eles se divertiam. Ninguém conseguia imaginá-los separados, Até que o inesperado acontece e Gerry morre, deixando-a devastada.
Conforme seu aniversario de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas no qual Gerry, gentilmente escreveu uma carta para cada mês da nova vida dela sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca. Ela percebe que a vida deve ser vivida, mas que é sempre bom ter alguém para te guiar. 

Gerry e Holly, eram aquele tipo de casal ''feitos um para o outro'', se conheciam desde novos, o relacionamento dos dois era ótimo, claro, com muitas brigar, mais muito amor e companheirismo, mais a vida tinha um destino diferente para eles.
Quando Gerry morre, Holly fica sem chão, ela não consegue se ver sem Gerry, não levanta da cama por nada, fica ali o dia inteiro deitada com as roupas dele, imaginando ele ainda ali ao seu lado. Porém, perto de seu aniversario de 30 anos, Holly recebe uma ligação de sua mãe avisando que tem um envelope direcionado a ela, curiosa, Holly, finalmente cria coragem para levantar e sair de casa, quando ela chega a casa de sua mãe e vê o envelope, ela não acredita.... Aquilo é a caligrafia do Gerry.
''P.S: Prometi que faria uma lista, então aqui está. Os próximos envelopes devem ser abertos exatamente no mês certo. Obedeça. E lembre-se de que estou cuidando de você, por isso vou saber...''
Eram 10 envelopes, com a instrução de serem abertos a cada primeiro dia do mês, Holly vê aquilo como um incentivo, pois tudo o que ela queria no momento, era estar morta junto com Gerry, esses bilhetes é como se Holly tivesse Gerry mais pertinho dela. Ela, fica contando os dias para abrir o próximo bilhete com instruções de Gerry, são coisas que Holly nunca se imaginou fazendo, e ela não consegue recusar, porque de alguma forma, ela sabe que Gerry esta lá vendo ela, onde quer que ele esteja.
"P. S. Eu sempre te amarei...."
Com o passar do tempo a vida de Holly vai se encaixando, ela se aproxima de sua familia, de suas amigas, faz coisas que nunca imaginaria fazer, passa por varias situações engraçadas, e com isso percebe que esse bilhetes de  Gerry, era pra mostra a ela, que ela deve e pode seguir sem ele, que tudo aquilo foi para ajudar a mostrar que ainda tem muita coisa pela frente, ela fica com medo de pensar como será quando acabar todos esses bilhetes, mais ela tem a certeza de que agora, ela sabe que Gerry deseja que ela siga em frente, e ela sabe que nunca, irá esquece-lo.
''Você foi a minha vida, mas eu sou apenas um capítulo da sua''
Esse livro me tocou bastante, como ele conseguiu fazer tudo isso? mesmo estando debilitado, sem nem conseguir levantar da cama direito, ele ainda conseguiu escrever bilhetes para sua esposa, mesmo sabendo que logo ele não estaria mais ali com ela. eu achei isso lindo demais, e foi o que ajudou Holly a sair daquela vida da qual estava vivendo sem Gerry.
Além no livro parecer ser algo totalmente triste, ele não é, Cecelia consegue dividir tudo isso muito bem, e mesmo o livro sendo narrado por Holly, conseguimos conhecer bastante a família louca e as amigas malucas de Holly que são as responsável por deixar o livro mais leve e com um ar de humor.
Eu achei incrível o modo que Cecelia encontrou de eternizar e faze Gerry ajudar sua esposa mesmo não estando presente fisicamente com ela.
É um livro que com certeza eu indico, com todo meu amor, tenho certeza que vão gostar, rir e chorar, assim como eu.


Quotes:
  • Saiba que onde quer que eu esteja, eu estou com saudades.
  • Todos os dias quando acordo, a primeira coisa que faço é sentir a sua falta.
  • Prometa que sempre que se sentir triste ou insegura ou perder completamente a fé, vai tentar olhar para si mesma com meus olhos.
  • Existem amores que duram mais que uma vida.
O livro teve adaptação para as telinhas, que também é maravilhoso, mais teve algumas mudanças como sempre tem, mais vale muito a pena assistir também.
Vou deixar o Trailer pra vocês. *--*



 Espero que gostem e não deixem de falar aqui nos comentários o que acharam.
Beijos e até a próxima


Siga também nas outras redes sociais:

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

[Resenha] Beije-me antes de morrer #2 - Allison Brennan


 Sinopse: Parecia bem típico: uma adolescente fugiu de casa para curtir uma festa, como fazia todos os fins de semana. O problema é que, dessa vez, ela não voltou. Enquanto isso, um serial killer apelidado de Estrangulador de Cinderela, frequentador assíduo das festas mais underground de Nova York, está se aproveitando da vulnerabilidade de mulheres drogadas. Já são três vítimas friamente assassinadas. A agente do FBI Suzanne Madeaux está na caça desse assassino, e o investigador particular Sean Rogan está tentando encontrar a garota desaparecida. Para isso, ele conta com a ajuda de sua namorada, Lucy Kincaid. Atormentada por lembranças cruéis, Lucy está determinada a impedir que mais inocentes se deparem com o destino do qual ela mesma escapou por pouco. Sondando a psique distorcida de um assassino desumano, ela precisa confrontar os próprios medos – mesmo que isso ponha em risco o futuro emprego no FBI e a felicidade ao lado de Sean.

''Ela gargalhou, tonta, mas ainda conseguindo pensar. Não se lembrava do que havia consumido. Cocaina e algumas pilulas...algo que a fez ver cores e o arco-íris e fazia o tempo passar mais devagar. E uma bebida deliciosa que alguém lhe ofereceu, mesmo ela sabendo que não deveria beber nada que não fosse água engarrafada. No terceiro andar, as pessoas tinham um pouco de privacidade. Ali, podiam fazer o que quisessem. Sierra riu de novo. Privacidade num espaço grande e aberto com outras pessoas espalhadas? Um cara e uma garota transavam no centro, como se estivessem num palco, e eram observados por alguns. Num canto, um grupo de sete pessoas estava sentado em circulo, passando um cachimbo. Do outro lado, outro grupo dançava nu, de olhos fechados, movendo-se ao som da musica que vinha de dois andares abaixo. la observou-os e pensou em se juntas a eles. Nua e livre. Ela queria fugir.''

Esse livro foi simplesmente maravilhoso,além dessa capa maravilhosa que eu adoro, me surpreendi bastante com a Allison, nesse sua escrita ficou ainda melhor e uma historia que nos prende, embora esse não ser necessariamente uma continuação do primeiro, é preciso lê-lo para entender e entrar melhor na historia, então caso se interesse é só clicar aqui e acompanhar o primeiro livro da serie Love me to Death Se eu morrer antes de você.

Nesse segundo livro temos Lucy apreensiva sobre sua resposta para o FBI, Sean, está investigando um caso de uma parente muito distante na qual esta desaparecida, ele não quer informar, pois sabe que eles não iram se empenhar no caso, já que Kirsten tem um histórico frequente de desaparecimento, porém, dessa vez Sean tem certeza que tem algo diferente, ele entra no quarto de Kirten para conseguir achar alguma coisa, porém ele vê algo muito diferente no quarto dela comparado a quartos de meninas, ele grava um vídeo e manda para Lucy, ele sabe que com sua experiencia em psicologa e com casos de adolescentes ela vai saber o que tem de errado do quarto de Kirten, assim que Lucy vê o vídeo ela logo percebe o que é, ela treme e não acredita no que esta vendo, para ela, está claro que o quarto da menina é um cenário para sites de sexo ao vivo, ela fica perturbada com aquilo, e acha que talvez Kirsten pode sim está em perigo.

''Alguém estava correndo atrás dela. Ou vindo em sua direção. Kirsten estava tonta e não conseguia pensar. Esforçou-se para se erguer e tentou correr novamente, mas a dor lacerante nos pés a levou de volta ao chão. Não havia escapatória.''
Lucy começa a investigar o caso junto a Sean, ela descobre um site chama Party Girls e varias pistas os levam a Nova york, lá o caso deles se junta com um caso no qual o a agente Suzanne Madeaux e Panetta do FBI estão investigando, um Serial Killers apelidado de ''Estrangulador de Cinderela'' pois sua marca oficial é levar um dos sapatos no qual sua vitima esta usando, já foram três vitimas, todas estavam em raves super badaladas, cheia de bebida, sexo e drogas, uma dessas vitimas é amiga  Kirtens. com a ajuda de Lucy e Sean, Suzanee e Panetta, acabam ligando vários pontos e com muito custo achando o culpado, algo que  é realmente uma surpresa.
''As vezes era preciso fazer a coisa certa mesmo entrando em apuros''
Eu adorei o livro mesmo, mais do que o primeiro, como eu disse no Se eu morrer antes de você, ele é bom muito mesmo, porém a escrita me cansava algumas vezes, e com esse foi completamente diferente, li em piscar de olho, quanto mais lia mais queria continuar, Allison conseguiu fazer a parte de suspense perfeita, eu ficava ansiosa para saber qual seria a próxima pista e querendo saber quem era o culpado, ela colocou as partes investigatórias de um jeito perfeito, a escrita em terceira pessoa me agradou muito, pois podemos saber o que cada um está pensando, adorei os personagens cada um deles, e Sean cada vez melhor né minha gente, também é uma ótima evolução da Lucy, pra mim ela é fodona e muito inteligente, apesar de suas inseguranças que são grandes por conta de seu passado (falo sobre isso na resenha do primeiro livro), ela é uma ótima profissional, e Allison não a coloca como a mocinha perfeita, vemos tanta imperfeição em Lucy que é isso quer me fez gostar ainda mais dela. e claro, nessa loucura toda que é o livro e a vida de Lucy temos que ter um pitada de romance, a mais um ponto para Allison que deu a pitada certa, nesse livro, vemos a evolução do romance dos dois, eles estão mais apaixonadas e tudo é mais intenso, temos cenas intimas ótimas, mais como eu disse ela continua com a mesmo pegada, nada de romance meloso e mimi, é algo muito bonito de ver de verdade, eu fiquei completamente apaixona pelos dois e pelo Sean hahaha
''Com ele, não só se sentia segura o bastante para lidar com tudo, como sabia que ficaria bem no final. Ele era uma rocha que não cedia e que lhe dava exatamente o que ela precisava antes mesmo de ela saber que precisava de alguma coisa.''
Recomendo para todos esse livro, e claro apensar das historias não ser necessariamente um continuação, é sempre bom ler na ordem, porque contem coisas na qual se precisa ter lido o primeiro para entender melhor, então da uma passadinha na Resenha do primeiro  livro, mais leia gente é muito bom.
Ah a unica coisa que me incomodou, foi o titulo desse livro, ainda naõ achei onde ele se encaixa na historia, e a capa, apesar de eu ter amada, não tem muito a ver com historia também, de resto o livro é ótimo minha gente, leia-o.

PS: Pesquisei, e descobri que exite outro livros, pois Love m to Death se trata de uma serie de oito livros se não me engano, mais pelo que li, só foi lançado aqui no Brasil esses dois, eu to super curiosa para ler o restante, apesar das historias não ser continuação, a autora nos dá uma palinha no final desse livro, sobre o próxima, o que meu deixou ainda mais curiosa, então quem achar alguma coisa, sobre os outros livro me falem, PLIS, vou continuar procurando, se achar aviso vocês também, combinado?

Espero que tenham gostado, me falem o que achou ou se já leu aqui nos comentarios.
Beijos e até a próxima ♥


 Siga também nas outras redes sócias:

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

[Playlist] Indicação Musical: Tiago Iorc


Olá Pessoal.
Tudo bem por ai? Espero que sim.

Ahhhh, Tiago!  Sim, hoje a Indicação musical nada mais é do que meu amorzinho, Tiago Iorc, eu sou apaixonada por esse cara gente, serio mesmo, virou meu vicio, não consigo mais parar de ouvir, sua voz é maravilhosa, e o que dizer das letras de suas musicas? Tiago é um poeta.
Tiago com seus 29 anos, dono de uma voz tão calma, que nós acalma tanto, e de musicas tão maravilhosas, sem contar que ele próprio compõe suas musicas, em português e em inglês, tem como não se apaixonar por esse cara? exatamente: não.  hahaha
As letras de suas musicas parece falar comigo, as vezes acho até que ele leu meu coração e fez uma musica do que estava lá, porque olha, só amor. Sem contar nós covers maravilhosos de musicas maravilhosas que ele faz no jeitinho Iorc de ser. E claro, sem contar nas participações maravilhosas, como da minha linda Clarice Falcão, que quando eu descobrir meus dois amores cantando juntos eu quase infartei, juro.
Enfim, Tiago é maravilhoso, letras maravilhosas, clipes e voz maravilhosos, e ele ficou bem mais conhecido depois de fazer seu clipe com a Bruna Marquezine, esse cara ta de parabéns. É só amor minha gente.

Vamos para as musicas?


  • Tiago Iorc - Cataflor

E se eu quiser dizer que o universo é feito pra você, só pra você. E se eu quiser dizer que o universo inteiro mora em você, só pra você. Assim como eu. ♪♪


  • TIAGO IORC & CLARICE FALCÃO - "Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda"
Essa com certeza é o melhor de todas, Tiago e Clarice, meus dois amores juntos, ela a voz cara, eu infartei quando descobri. Mais a musica não é deles, é só um cover, o melhor de todos. haha
Não estou disposto a esquecer seu rosto de vez e acho que é tão normal, dizem que sou louco por eu ter um gosto assim gostar de quem não gosta de mim. ♪♪


  • TIAGO IORC - Amei Te Ver 
nho, esse clipe


O coração dispara tropeça, quase para me encaixo no teu cheiro e ali me deixo inteiro.♪♪


  • TIAGO IORC - Coisa Linda
Estou apaixonada.

Ah, se a beleza mora no olhar, no meu você chegou e resolveu ficar pra fazer teu lar... ♪♪


  • TIAGO IORC - Alexandria

Gente demais. Com tempo demais. Falando demais. Alto demais, vamos lá atrás de um pouco de paz, aqui, tem gente demais. ♪♪


  • TIAGO IORC - Um Dia Após o Outro {feat. Daniel Lopes}

Pode esperar, o tempo nos dirá, que nada como um após o outro... ♪♪


  • TIAGO IORC - Mil Razões 

 Posso lher dar mais mil razões pra te querer, coisas que eu já nem sei o nome. Posso compor mais cem canções de amor.Pra que ? Se quando eu canto você some...♪♪
  • TIAGO IORC - Dia Especial 
Olha esse clique, que amooor
O amor é maior que tudo, do que todos, até a dor, se vai quando o olhar é natural. Sonhei que as pessoas eram boas, em um mundo de amor e acordei nesse mundo marginal. ♪♪


  • TIAGO IORC - Nothing But a Song
e quando eu acho que não dá pra se apaixonar mais,eis que <3


Surrender to me softly 
You, re trying to find a different side on me ♪♪

Ahhh, o que falar depois disso? Tiago é incrível não é.
Tive que me segurar aqui pra não colocar todas, porque realmente não tem uma musica dele que eu não goste. Todas são incríveis.

Bom, espero de coração que tenham gostado, e tanto que eu, porque eu estou completamente apaixonada. hahaha

Me contem nos comentários, se já conhecia, e se não e o que achou, enfim, me conte tudo nos comentários haha <3

Beijos e até a próxima


Siga também nas outras redes sociais:

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

[Playlist] O que ando ouvindo. #2


Oiii Pessoal, tudo certo por ai?
Demorou mais chegou, mais uma Playlist das musicas que andei ouvindo, foram bastante, mais vou colocar aqui, as mais ouvidas.
Espero que gostem.

  • Tiago Iorc - "Cataflor"

E se eu quiser dizer que o universo inteiro mora em você, só pra você, assim como eu. ♪♪

  • Emicida - Passarinhos ft. Vanessa Da Mata

Passarinhos, soltos a voar dispostos a achar um ninho nem que seja no peito um do outro.♪♪

  • Ivo Mozart - O que é que eu faço pra tirar você da minha cabeça?

Sei que o mundo gira e numa dessas voltas a gente se esbarra e continua essa História. ♪♪

  • Dez segundos - Transmissor

só agora eu descobri dez motivos pra sorrir, dez minutos pra me achar e dez segundos pra te ouvir.♪♪

  • Los hermanos - Veja bem meu bem

Amor, veja bem, arranjei alguém chamado saudade.♪♪

  • 5 a seco - pra você dar o nome

Que essa dor eu não quero pra ninguém no mundo, imagina só, pra você.♪♪

  • Onze:20 - Querendo Te Encontrar

Não sei porque essa saudade só faz me maltratar será que um dia nos meus sonhos você vem me acordar?♪♪

  • O Teatro Mágico - Você me bagunça

Parece que o coração carece e diz: ''para!'' silencia. Se embrulha e se embaralha. ♪♪

  • Outra Vida - Armandinho

Talvez não seja nessa vida ainda mas você ainda vai ser a minha vida, então a gente vai fugir pro mar.♪♪
  • Justin Bieber - Sorry 
Yeah, is it too late now to say sorry? Cause I'm missing more than just your body (É muito tarde para pedir desculpas agora? Pois estou com saudades de você e não só do seu corpo) ♪♪

Tem muito mais ainda hahaha, então logo logo terá mais um Post das musicas que não deu pra postar aqui senão ficaria enorme.

Espero que tenham gostado.
E me contem aqui no comentários se já conhecia alguma, e pode deixar indicações que escuto todas

Beijos e até a aproxima *--*


Siga também nas outras redes sociais.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

[Resenha] Á Procura de Audrey - Sophie Kinsella



Sinopse: Audrey, 14 anos, leva uma vida relativamente comum, até que começa a sofrer bullying na escola. Aos poucos, a menina perde completamente a vontade de estudar e conhecer novas pessoas. Sem coragem de sair de casa e escondida por um par de óculos escuros, a luz parece ter mesmo sumido de sua vida. Até que ela encontra Linus e aprende uma valiosa lição: mesmo perdida, uma pessoa pode encontrar o amor.

Audrey sofreu alguns problemas em sua escola, na qual a fez ficar com transtornos de ansiedade e de episódios de depressão desde então, ela toma remédio e vai na psicologa, que propõem a ela gravar sua vida como um documentário, já que Audrey não consegue interagir com as pessoas além da sua família, e vive o dia inteiro com um óculos escuro porque não consegue suportar olhar nos olhos de outras pessoas, nem da sua própria família, ela passa a maior parte do tempo no sofá assistindo com as luzes totalmente apagada, não tem computador e nem celular, nem um meio de comunicação.
"Ao olhar para alguém diretamente nos olhos, sua alma inteira pode ser sugada em uma nanossegundo. É a sensação que dá. Os olhos dos outros são ilimitados, e isso me assusta."
 Frank, seu irmão é viciado em jogos de computador, e esta participando de um tornei com seu amigo Linus, ele claro, terá que frequentar a sua casa sempre, na primeira ida de Linus a casa de Audrey ela tem um surto assim que ele fala com ela. Frank explica o problema de sua irmã e então Linus fica determinado em ajudar Audrey, eles começam conversando por bilhete e logo isso vai crescendo cada vez mais, Linus consegue tirara-la de casa, consegue ajudar ela em coisas que nem seus pais conseguiam, e eles começam a sentir algo a mais do que apenas amizade, Linus é super fofo com Audrey, ele da desafios a ela na intenção dela melhorar, e sim ela começa a melhorar, consegue sair mais de casa, apesar de ainda usar seus óculos, afinal ela não esta totalmente curada, só conseguiu dar um passo a mais, e com a ajuda de Linus e claro da sua família toda louca e atrapalhada, mais que ajuda muito ela, e nós tira bastante gargalhada, principalmente Frank e sua mãe super protetora.
''O problema é que depressão não vem com sintomas convenientes como manchas ou alta temperatura, então você não percebe logo de cara. Você continua dizendo ‘eu estou bem’ para as pessoas quando você não está bem. Você pensa que você deveria estar bem. Você continua dizendo para si mesmo: ‘Por que eu não estou bem?’'

Eu gostei bastante da Audrey, achei ela bem madura e inteligente para sua idade, o assunto bullying ainda é bem complicado de falar, e Sophie conseguiu tornar isso leve, nada muito pesado, colocando alguns momentos bem engraçados da família atrapalhada de Audrey, principalmente sua mãe, que nós faz soltar varias gargalhadas, Linus é um amor, super carinhoso e determinado, sempre procurando ajudar Audrey em tudo, mesmo que para isso precise dar algumas broncas nela, e é bem legal de ver como ela consegue superar seus problemas, as coisas nem sempre estão bem, teve momentos que ela teve recaída, mais logo levantou e foi tentando tudo novamente, e isso é tão bom de ver.
'' Acho que entendi que a vida é tipo uma escalada: você cai e se levanta de novo. Então não importa se der uma escorregada. Contanto que esteja mais ou menos caminhado pra cima. Isso é tudo que se pode esperar. Seguir mais ou menos pra cima."
 A unica coisa que me incomodou no livro foi o fato de não ser dito o que ocorreu com Audrey na escola, sei que fazia parte da historia pois era um assunto no qual Audrey não queria falar, porém achei que seria mais interessante ser dito, pois ficou como se algo estivesse faltando, eu lia o livro super curiosa achando que em alguma hora iria revelar o que realmente aconteceu e nada, foi como se tivesse faltado ''algo'' a mais para me fazer se apegar ao livro sabe, porém é uma ótima leitura, super leve, na qual dará uma boa gargalhada e possivelmente chorara também. Vale muito a pena.


Quotes:
  • "Falam de "linguagem corporal", como se fosse igual para todo mundo. Contudo, cada um tem seu dialeto próprio. Para mim, neste instante, por exemplo, girar o corpo para o lado e encarar o cantinho da sala é o mesmo que dizer "gosto de você". Pois não fugi nem me tranquei no banheiro.''
  • Noto, com frequência, que as pessoas equiparam ''ter senso de humor'' a ''ser um idiota insensível''.
  • ...Mas forças do mal vêm de todas as direções, nenhuma afeição, apesar aflição.
  • Pode-se ter vida demais reprimida em um corpo? Porque é essa a sensação que experimento.

Espero que gostem e não deixem de falar aqui nos comentários o que acharam.
Beijos e até a próxima

Siga também nas outras redes sociais:


quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

[Resenha] Paixão sem limites - Abbi Glines #1


Sinopse: ''Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas''

Blaire passou  seus últimos três anos cuidando de sua mãe doente, depois que ela vem a falecer, Blaire se vê sozinha, sem dinheiro e sem casa, pois precisou vender tudo, até sua casa para pagar as despesas do hospital, sem ninguém ele precisa pedir ajuda a seu pai que os abandonara a cinco anos atrás, ela o procura e ele fala para ela ir aonde ele está morando agora com sua nova esposa em Rosemary, assim que ela chega lá, ela se surpreende com a mansão, logo descobre que seu pai saiu em viagem com sua nova esposa e a deixou ali com seus irmão postiço filho de sua ''madrasta'', o qual não quer sua presença lá, mais acaba deixando. Ela não entende o porque de Rush Finlay não gostar dela, Blaire tenta ser fazer de durona, pois ali é um lugar totalmente diferente do que ela vive, ela não se encaixa ali, Rush, é filho de um astro de Rock, rico e tem tudo em sua mão, transa com todas e no outro dia as despensa, porém Blair irradia inocência e isso chama a atenção de Rush, que tenta ao máximo ficar longe dela.
"– Não posso tocar em você. Quero tanto fazer isso que está doendo, mas não posso. Não vou magoar você. Você é... perfeita, intocada. E no final nunca me perdoaria."

Porém mesmo tentando da uma de durona Blaire se encanta pela beleza de tirar o folego de Rush, porém ela sabe que os dois são totalmente diferentes e que ele não leva nenhuma garota a serio, porém os dois acabam se envolvendo, Rush tenta o máximo ficar longe de Blaire e ela não entende porque, será talvez por ela ser pobre?, mal sabe ela que ele esconde um segredo sobre ela, que pode mudar a vida de Blaire.
"Estou tendo que administrar o fato de que talvez você me abandone depois de saber essas coisas e nunca mais volte. Isso me deixa apavorado. Não sei o que está acontecendo entre a gente, mas desde o primeiro instante em que a vi eu soube que você iria transformar o meu mundo. Quanto mais eu olhava para você, mais me sentia atraído. Por mais que eu chegasse perto, não bastava."
 Blaire sabia que não fazia parte de tudo aquilo, que não deveria se misturar com Rush e seus amigos, ela passou por varias situações com a meninas ricas da cidade, principalmente com Nan irmã de Rush, ela não se adaptava naquele lugar, porém precisava ficar ali até conseguir dinheiro para alugar sua própria casa, e mesma sabendo que não deveria se aproximar tanto de Rush ela não conseguia.
"Mas sabe de uma coisa? Estou cagando para o que você pensa. Você e os seus amigos mimados e arrogantes precisam descer do salto."
Confesso que não conhecia o livro, ganhei de amigo secreto e ameeeei, ele é uma trilogia e já estou louca para ler as outras, tem também um livro contando a versão de Rush, assim que eu ler com certeza farei resenha aqui pra você. Eu adorei o livro, é uma leitura leve, li tão rápido que nem percebi, claro, o livro não tem muita coisa em especial, mais me fez viciar na leitura e querer mais, ele me lembrou bastante a época em que eu lia Fanfics hahaha, e quase nessa pegada, ele tem uma pegada bem Hot também, que te prende ainda mais ao livro, e aquela curiosidade em saber qual é o segredo que Rush tanto guarda, confesso que fiquei tentando desvendar esse segredo, mais nenhum dos meus palpites foram o que realmente era haha.
Eu me apaixonei por Blair e seu jeito, confesso que Rush não me fez suspirar tanto assim, mais em alguns momentos soltamos alguns suspiros por ele vai haha. Enfim, eu recomendo o livro, ele é bom para aquele momento em que você que se distrair de algo, e com uma leitura super leve.

Quotes:
  • Precisava me distanciar dele. Já estava na hora de eu aprender a rastejar de volta para o meu mundinho, onde não dependia de ninguém a não ser de mim mesma.
  • Eu nunca pertenceria a mais ninguém. Depois desse dia, pertenceria apenas a mim mesma.
  • Como reconfortá-lo quando eu própria me sentia vazia?
  • O amor não bastava quando a nossa alma está em pedaços.
  • Seria normal o vazio doer daquele jeito? Quando é que a dor iria parar de se apresentar na minha vida?
  • Era incapaz de odiá-lo. Simplesmente o deixei ir, Esse foi o fim do nosso relacionamento.
Espero que gostem assim como eu gostei.
Me contem aqui no comentário o que achou e se já conhecia o livro *--*

PS: Logo mais terá resenha do segundo livro.

Beijos e até a próxima